Tag Archive o ungido de deus

ventos-de-apostasia-mev

Falsos Cristos

Ventos de Apostasia – Capítulo V

Mesmo que os lideres deste movimento não dizem ser eles mesmo o Cristo, uma o outra vez afirmam, que o mesmo Senhor disse que seus seguidores fariam maiores milagres que ele. De maneira, que segundo eles, o que Jesus quis dizer foi que haveria pregadores que o superariam em milagres e prodígios.
Jesus nunca envolveu tal coisa quando disse: “.. aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço e as fará maiores do que estas…”( João 14:12). Não podemos esquecer que só teve a oportunidade de realizar suas obras durante três anos e meio. Morreu em plena flor da vida, quando a maioria dos ministros começou seu ministério – aos 33 anos de idade. Por tanto, estava referindo-se a brevidade da seu tarefa. Hoje, muitos pastores, especialmente estes que tem acesso ao meios massivos, pregam o evangelho a milhões, algo que o Senhor Jesus Cristo nunca pode fazer em pessoa. “Disse-lhe Jesus outra vez: Paz seja convosco! Assim como o pai me enviou, também eu vos envio a vós. E, havendo dito isso, assoprou sobre eles e disse-lhes: recebei o Espírito Santo” (João 20:21-22).
Certamente Jesus não afirmou que temos que andar por ai distribuindo o Espírito Santo, dando dupla porção ou algo assim, mas disse aos seus que esperassem em Jerusalém até que recebessem a promessa do consolador, o Espírito Santo. E, como prova de que haviam recebido o Espírito Santo, não declaro que falariam em línguas, porem acrescentou: “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-mi-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra” (Atos 1:8).
O Senhor Jesus Cristo nunca manifestou que receberiam poder para falar em Línguas ou para sarar ou derrubar gente, e sim para dar testemunho, para falar valentemente do Cristo ressuscitado, o único Salvador. Pretender soprar para compartir o Espírito Santo a terceiros, é procurar assumir o lugar do Senhor Jesus Cristo. No vídeo pode ver-se esta pretensão. Também ao orar dizem: “O que tu tem posto em minha vida Senhor, neste momento transfiro, o que tu tens me dado, recebam eles” é quase uma repetição literal das palavras que expressara o Senhor Jesus Cristo: “Agora, já têm conhecido que tudo quanto me deste provém de ti. Porque lhes dei a palavra que me deste; e eles a receberam…” (João 17:7-8).
Em outro momento ele se diz ser “ O ungido de Deus como canal de benção…” Também declara: “Venha, receba, beba todo o que tens que beber” É bem sabido que os homens não tem outra coisa a oferecer si não um tremendo fracasso. E na realidade o Senhor Jesus Cristo foi quem disse: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba” (João 7:37b). Jesus nunca disse aos que lhe seguiam que buscassem um pregador, ou algum “ungido” para beber. Ele é o único que pode proporcionar a palavra de vida e seu Santo Espírito.
Dirigindo-se a multidão este atrevido homem diz: “O Senhor vai soprar sobre vocês um vento de glória”, Mas logo o único que realmente sopra usando o microfone foi ele mesmo. Será por acaso que se crê no Senhor?
O extremo do auto-senhorio destes “profetas dos últimos dias” se nota quando pegam a bíblia e lêem uma passagem de Isaías 45:1-4, e abertamente se referem a si mesmos com os títulos que aparecem nesta passagem. Atribuindo-se expressões tais como; “Sô Ungido” “irei diante de ti”, “te darei os tesouros escolhido”,
“Os segredos mais guardados”, “Meu escolhido te chamei”, etc. Mas, São eles os Ungidos? São os possuidores dos tesouros e segredos escondidos e enviados as nações?
Eles falam muito de visões, que o Senhor lhe falou que tem uma revelação aqui e li. Logo isto se opõe a auto suficiência da bíblia, porque se, se permite que o ouvinte coloque suas visões e mensagens recebidas de Deus em paralelo com a Bíblia, Deus protestará advertindo-nos que nos cuidemos de tais visionários, de tais profetas porque Ele não nos enviou, somos nós que devemos comparar seus ensinamentos a luz das escrituras.
A Bíblia nos diz que a suprema revelação divina é nosso Senhor Jesus Cristo.
“Assim diz o Senhor dos exércitos: não deis ouvidos às palavras dos profetas que entre vós profetizam; ensinam-vos vaidades e falam da visão do seu coração, não da boca do senhor. Dizem continuamente aos que me desprezam: o Senhor disse; Paz tereis; e a qualquer que anda segundo o propósito do seu coração, dizem: Não virá mal sobre vós” (Jer. 23: 16-17).
Este pregador e muitos outros pregam bonança e paz para os homens. Falam de avivamento, porque arrastam a milhões que quase brigam para entrar e escutar suas conversas. Não mencionam uma só palavra de arrependimento, nem do juízo vindouro.
Repetem;
…”Estupendo, isto é maravilhoso, esta é uma festa de Deus, esta aqui, o poder de Deus se manifesta!”. Mas na realidade o que celebram, são reuniões ocultistas salpicadas com algumas palavras da Bíblia para disfarçá-las como reunião Cristã. Estes artistas sabem manipular a suas doces ovelhas, e estes como se fossem levados ao matadouro, cumprem com todos os requerimentos do Guru.
“Não mandei os profetas; todavia, eles foram correndo; não lhes falei a eles; todavia, eles profetizaram. Mas, se estivessem no meu conselho, então, fariam ouvir as minhas palavras ao meu povo, e o fariam voltar do seu mau caminho e da maldade das suas ações. Falou Deus – Eis que eu sou contra os profetas, que usam de sua língua e dizem: Ele disse”.
Eis que sou contra os que profetizam sonhos mentirosos, diz o Senhor, e os contam, e fazem errar o meu povo com as suas mentiras e com as suas leviandades; pois eu não os enviei, nem lhes dei ordem e não trouxeram proveito nenhum a este povo, diz o Senhor” (Jerm. 23:21,22,31,32).
A Bíblia esta saturada de advertências para os cristãos, a fim de que não sucumbamos vitimas dos truques de Satanás. “Muitos” – disse Jesus, “virão dizendo que são o Cristo”.
Mas quando se apresentam atribuindo-se os atributos divinos, o que pretendem é usurpa o lugar Dele.
A Bíblia não ensina nada a respeito de uma “segunda unção”, nem de um ministério da unção fresca e poderosa do espírito Santo. Esse “evangelho’ é a mentira da nova religião chamada“ A Nova Era”, mesmo sendo tão velha como Lúcifer. Esta onda furiosa entro com uma força incrível e confundiu a muitos cristãos, porque lhes surpreendeu desprotegidos. Um cristão carente da palavra de Deus, pode ceder facilmente perante a força de alguém que lhe faça rir, saltar, brincar, sentir-se bem, que lhe dá desejo de abraçar a outros e de receber uma “tonelada de poder”, graças a generosidade e humildade do guru do momento.
Você pode ver as mãos de todos estendidas para eles, como lhes solicitando algo que eles tem, porque são escolhidos por Deus, mas que, nós também podemos ter se suplicarmos com certos requisitos e seguirmos as instruções que nos dão.
O espírito de confusão e de predição, no geral é ruidoso. Faz que as pessoas sintam-se atemorizadas e ameaçadas. Isto foi exatamente o que ocorreu quando os israelitas edificaram o bezerro de ouro no deserto e se entregaram ao descrédito. Assim esta escrito no capítulo 32 do livro de Êxodo.
Algo bem diferente ocorreu no caso de Elias e os profetas de Baal, mencionado no capítulo 19 do primeiro Livro de Reis, quando verdadeiramente manifestou-se o Espírito Santo, Pois era Deus mesmo que estava presente. “E ele lhe disse: Sai para fora e põe-te neste monte perante a face do Senhor. E es que passava o Senhor, como também um grande e forte vento, que fendia os montes e quebrava as penhas diante da face do Senhor; porem o Senhor não estava no vento; e, depois do vento, um terremoto; também o Senhor não estava no terremoto; e depois do terremoto um fogo; porém o Senhor não estava no fogo; e. depois do fogo, uma voz mansa e delicada. E sucedeu que, ouvindo-a Elias, envolveu o seu rosto na sua capa, e saiu para fora, e pôs-se a entrada da caverna; e eis que veio uma voz, que perguntava: Que fazes aqui Elias?” (I Reis. 19:11-13).
O Espírito Santo não tem que ser “convidado” nem pode ser manipulado, nem aplaudido, nem tão pouco pode haver homem algum que lhe “ordene” fazer isto ou aquilo, sarar este ou encher ao outro. Nem todo o sobrenatural procede do Espírito Santo o de Deus Ainda que, quem fale ou faça algo, diga-o e faça-o “Em nome ou para a glória de Deus”. O dever do cristão não é escutar com atenção e limitar-se somente a isto, sua obrigação é comparar o que escutou a luz das Escrituras. A Bíblia diz: “Amados não creiam em qualquer espírito, mas examinem os espíritos para ver se eles procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo” (1 João 4:1).
Note o imperativo: nos ordenando “provar os espíritos”; e nos informando que os “muitos” não estão do lado da verdade si não do engano. Não temos problemas para reconhecer um cigano, um guru declarado, o a um feiticeiro que não oculta sua mensagem e sua fé. Nosso problema é descobrir o verdadeiro ensinamento de um “evangelista”, um “Pregador ou Pastor”, um desses… “Servos de Deus”. Diz “amem” e pode ser que cante algum hino cristão, que ore fervorosamente, diga e faça outras coisas que parecem totalmente aceitável – cristã.
A minha esperança é que este livro lhe permita abrir caminho e conseguir captar a astúcia de Satanás para não cair em suas garras, porque o desfile dos “profetas saradores, derrubadores, sopradores e distribuidores de poderes divinos” esta aumentando. Estas práticas irão aumentando rapidamente e é provável que em um futuro não muito longe, ocorram coisas tão vergonhosas e trágicas nestes encontros de “dupla unção” que as autoridades terão que fixar certas leis e decidir quem é e quem não é cristão.
Cabe muito bem aqui as palavras do Apóstolo Paulo ao jovem pastor Timóteo: “Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. Os homem serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder. Afastem-se desses também”(II Timóteo 3:1-5).
O dever do cristão é seguir a Cristo e permanecer fiel a ele. A atração destes “cristos” em seus desfiles tão apressados é de fazer-nos ver que a partida dos redimidos esta as portas, mas também o chefe deste mundo e o falso cristianismo apresam sua caminhada. Tudo esta profetizado na Bíblia e tudo esta tomando seu lugar. Jesus Disse; “Quando começarem a acontecer estas coisas, levantem-se e ergam a cabeça, porque estará próximo a redenção de vocês” (Lucas 21:28).

Cap. 5 – Ventos de Apostasia

Pr. J. Holowate

Tradução: Pr. Agnaldo Santana

Comunidade Messiãnica

Tags, , ,