Publicado em: dom, abr 14th, 2019

Pastor pode receber salário?

_ Em que situações devem se pagar salário para pastores e dirigentes na Igreja?

DOUTRINAS BÁSICAS  – Segundo a legislação brasileira, salário é o valor pago como contraprestação dos serviços prestados pelo empregado, enquanto remuneração engloba este, e mais outras vantagens a título de gratificação ou adicionais.

Nas sociedades capitalistas, salário é o preço oferecido pelo capitalista ao empregado pelo aluguel de sua força de trabalho por um período determinado, geralmente uma semana ou um mês, ou por unidade de produção.

Igreja (do grego εκκλησία [ekklesia] e latim ecclesia) é uma instituição religiosa cristã separada do Estado. Cabe a Comunidade (igreja) administrar o dinheiro do dízimo, construir templos, ordenar ministros e muitas vezes mantê-los e repassar para seus fieis a interpretação da Bíblia Sagrada.

Etimologicamente a palavra grega ekklesia é composta de dois radicais gregos: ek que significa para fora eklesia que significa; CHAMADOS.

 

Ou seja, a Comunidade deve ser um uma organização, que chame, induza as pessoas para fora das práticas capitalistas.

Pois ambas divergem em suas mensagens.

  1. Enquanto a Comunidade de Cristo Ensina as pessoas à não ajuntarem tesouro na terra (S. Mateus 6:19)…
  2. O Capitalismo é um sistema econômico caracterizado pela propriedade privada dos meios de produção, e pela existência de mercados livres e de trabalho assalariado com visão terrena.

“E sabereis que eu sou o SENHOR, porque nos meus estatutos não andastes, nem executastes os meus juízos; antes, fizestes conforme os juízos das nações que estão em redor de vós” (Ezequiel 11:12).

Já podemos notar, que a colocação; PAGAR SALÁRIO, não vai de encontro com o propósito da Comitiva do Messias formada na Nova Aliança.

Quando Yeshua fez a escolha dos primeiros discípulos, ele lhes disse: “..Não temas; de agora em diante, serás pescadores de homens. E, levando os barcos para terra, deixaram tudo e o seguiram-no” (S. Lucas 5:10b e 11).

Durante suas jornadas missionárias, houve um momento em que necessitaram de dinheiro para pagar os impostos, e a providência veio do céu: “(..)vai ao mar, lança o anzol, tira o primeiro peixe que subir e, encontrará um estáter… paga-o por mim e por ti” (S. Mateus 17:27).

Notemos nesta passagem, que Yeshua não utilizou-se da bolsa de dinheiro que coletavam dos fieis, e que Judas levava (S. João 13:29), porque, tais coletas eram para serem utilizadas por eles no âmbito missionário, nas ajudas e em suas necessidades alimentícias, vestuários e outros, e não no caso de bens transitórios e de governo como em Mateus 17:27. Esta passagem demonstra movimento independente e trabalhista. Diz-nos, que para tais coisas, devemos ter nosso salário extraído da vida cotidiana.

Nas exortações feitas pelo Apóstolo S. Paulo no Novo Testamento de Nosso Senhor Yeshua Cristo, ele diz: “Pois vocês mesmos sabem como devem seguir o nosso exemplo, porque não vivemos ociosamente quando estivemos entre vocês, nem comemos coisa alguma à custa de ninguém. Ao contrário, trabalhamos arduamente e com fadiga, dia e noite, para não sermos pesados a nenhum de vocês” (2 Tessalonicenses 3:7 e 8) NVI.

AQUI DEVEMOS NOS PERGUNTAR: ATÉ ONDE ESTAMOS VIVENDO O QUE PREGA A NOVA ALIANÇA? QUANTO, AINDA VIVEMOS DA Comunidade PRIMITIVA?

Para que se cumpra às profecias proferidas no Novo Testamento, é preciso vivermos o que esta escrito: “Sabe porem isto: que nos últimos dias sobre virão tempos trabalhosos; porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos… ingratos, profanos. Sem amor natural… obstinados… mais amigos dos deleites do que amigos de Deus. Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela” (2 Timóteo 3:1- 5).

Foi-se o tempo onde se via, e se buscavam homens cheios do Espírito Santo, homens que falavam e Deus movia o céu para atende-los, mesmo sem aparência alguma. Hoje! Busca-se homens pelos títulos acadêmicos que a estes se impõe e até mesmo, por suas roupas de griffes famosas. Não é à toa que está escrito: “E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos DOUTORES, que introduzirão encobertamente heresias de perdição… E muitos seguirão as suas dissoluções, pelas quais será blasfemado o caminho da verdade; e, por AVAREZA, farão de vós NEGÓCIOS com palavras fingidas…” (2 Pedro 1-3). QUE TAL A COLOCAÇÃO; TELE-EVANGELISTAS PEDIDORES DE DINHEIRO?

O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa diz:

avareza:  s. f.

  1. Apego sórdido ao dinheiro para o acumular.

Porque os tais não servem a nosso Senhor Yeshua Cristo, mas ao seu ventre; e, com suaves palavras e lisonjas, enganam o coração dos símplices. Romanos 16:18.

Segunda Pergunta:

Todos devem receber salário, mesmo tendo uma situação financeira estável?

Como já disse antes; Cabe a Comunidade administrar o dinheiro do dízimo, construir templos, ordenar ministros e muitas vezes mantê-los. Sendo assim, a Comunidade tem a responsabilidade de (em certos casos), manter com ajudas monetárias seus ministros.

“Porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha. E, Digno é o obreiro do seu salário” (1Timóteo 5:18). Notemos que a colocação neste texto ‘salário’, não deve em hipótese alguma se entender como; Remuneração mínima estipulada por um governo para determinado número de horas trabalhadas. A forma correta para interpretarmos este texto é: (..) Não deixarás de auxiliar ou patrocinar nos custos, o obreiro/ministro que é capaz! O predicativo, “BOI” aludi-se a aquele que tem garra, tem conhecimento, mas não faz sozinho, depende de outrem.

O título “PASTOR” não deve ser entendido como uma Profissão! Mas sim, um cargo dado a aquele que recebeu o CHAMADO para INTERPRETAR a mensagem da Bíblia Sagrada e até mesmo, governar um povo, sempre pelo amor as suas almas e em obediência ao que o chamou SEM SOMA DE HORAS TRABALHADAS.

Salário é pago a profissionais. E muitos nestes últimos dias, realmente estão se profissionalizando na função de pastor e outras fidalguias. Como está escrito; “Pois virá o tempo em que não suportarão a sã doutrina; ao contrario, sentindo coceira nos ouvidos, juntarão mestres para si mesmos, segundo os seus próprios desejos” (2 Timóteo 4:3) NVI. AMEM!

Para finalizar, deixo as palavras do Apóstolo S. Paulo: “Você porem, seja moderado em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um bom evangelista e cumpra plenamente o seu ministério”.

 

Uma Inspiração do Santo Espírito a: Pr. Agnaldo Santana.

Ministério Espírito de Vida.

São Paulo, 06 fevereiro de 2010.

Sobre o Autor

-

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar essas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>