Category Archive COLUNA PASTORAL

idf-israel

Seja um Voluntário para o IDF em Israel!

ISRAEL ONTEM E HOJE – Juntar-se às Forças de Defesa de Israel para um “trabalho voluntário” é cada vez mais popular entre muitos defensores cristãos desse Estado Judeu.

Para os aventureiros entre nós, aqui estão duas ótimas opções para uma experiência única de Verão e Outono de 2019 para Israel com as Forças de Defesa de Israel (IDF).

Sar-El_logomarca

Logomarca da Sar-El

Sar-El

(Sar-El (em hebraico : שר-אל ; aceso. O Projeto Nacional para Voluntários para Israel ou Serviço para Israel [2] ), é uma organização de serviço sem fins lucrativos, subordinada e sob a direção do Corpo de Logística de Israel, para cidadãos israelenses que vivem no exterior, e que agora desejam finalizar seu status com O militar. O programa também está aberto a cidadãos não-israelenses que desejam participar de um programa de serviço semelhante ao serviço nacional, sem se alistar nas Forças de Defesa de Israel. O programa geralmente consiste em três semanas de serviço voluntário em diferentes bases do Exército, fazendo um trabalho não-combativo – Fonte: Wikipedia).

Desde 1983, Sar-El tem trazido voluntários para Israel para trabalhar em um papel de apoio nas bases da IDF, além de obter uma melhor compreensão cultural de Israel através de palestras guiadas e interação com os israelenses. Sar-El acolheu mais de 160.000 voluntários ao longo dos anos.

Os benefícios deste programa são que além de ajudar o IDF, os voluntários também promovem amizades com soldados israelenses e fazem conexões com os judeus israelenses. O objetivo da Sar-El é que 10.000 voluntários contribuam anualmente para o bem-estar e a segurança de Israel. Voluntários vêm de todo o mundo e no ano passado o programa patrocinado pela IDF recebeu pessoas de mais de 60 países.

Os voluntários são bem-vindos com idade acima de 18 anos e são fisicamente e mentalmente capazes de contribuir com os detalhes do trabalho, conforme fornecidos pela IDF. Muitos cristãos e não judeus juntam-se aos partidários judeus de Israel todos os anos para contribuir para o bem-estar e segurança da pátria do povo judeu.

Visite o site do Sar-El para mais informações.

idf-israel-base

Image 1 of 4

O que é IDF?

As Forças de Defesa de Israel ( IDF ; Hebraico : בָא הַהֲגָנָה לְיִשְׂרָאֵל Sobre esse som Tsva ha-Hagana le-Yisra’el , lit. “O Exército de Defesa para Israel”; Árabe : جيش الدفاع الإسرائيلي ), comumente conhecido em Israel pelo acrônimo hebraico Tzahal ( צה״ל ), são as forças militares do Estado de Israel . Eles consistem das forças terrestres , força aérea e marinha . É a única ala militar das forças de segurança israelenses e não tem jurisdição civil dentro de Israel. A IDF é chefiada pelo seu Chefe de Estado Maior , o Ramatkal , subordinado ao Ministro da Defesa de Israel ; O tenente-general ( Rav Aluf ) Aviv Kochavi é chefe de gabinete desde 15 de janeiro de 2019. – Fonte: Wikipedia.

 

Voluntários para Israel – VFI

O VFI é um programa baseado nos EUA que oferece aos voluntários americanos a oportunidade de servir em uma base militar IDF em cooperação com a Sar-El e inclui trabalhos em escavações arqueológicas, bem como viagens fora dos roteiros conhecidos de Israel.

Aqui estão os seus programas de 2019 da VFI:

VFI-PLUS ARCHEOLOGY (8 a 21 de setembro) traz voluntários para uma base militar e um local de escavação arqueológica ativo, composto por uma equipe internacional e supervisionado pela Universidade de Tel Aviv. Este programa de 14 dias combina 5 dias de trabalho voluntário em uma base da IDF, 5 dias de trabalho em um local de escavação profissional na Cidade de David, ao lado da Cidade Velha de Jerusalém, e 4 dias de passeios personalizados fora da faixa. Localizações.

O VFI-PLUS (25 de outubro a 11 de novembro) foi projetado para voluntários iniciantes e inclui duas semanas de serviço em uma base da IDF, trabalhando ao lado de soldados da ativa e experimentando uma visão interna da vida no exército israelense. Também inclui oito dias de excursões privadas por Israel. O programa de 17 dias, com tudo incluído, também recebe voluntários veteranos.

O VFI-PLUS ADVANCED (Dec. 6-22) foi projetado para repetir viagens a Israel e oferece duas semanas de serviço voluntário em uma base da IDF e oito dias de visitas guiadas a lugares ignorados por muitos passeios. O programa de 17 dias, com tudo incluído, é projetado para voluntários iniciantes e veteranos.



Este artigo tem sua fonte original no portal Israel Today, fotos do portal Sar-El e re-escrito, ao português, pelo pastor Agnaldo Santana, Ministério Espírito de Vida em, 15 de junho de 2019.

Tags, , , ,

VISTO-CIDADANIA-ISRAEL

Como obter visto cidadania em Israel?

Israel atrai possíveis imigrantes de todo o mundo, e isso têm uma boa razão.

COLUNA PASTORAL – Israel é lindo, é economicamente e tecnologicamente desenvolvido, tem uma população bem educada que pode entender falantes de inglês antes de aprender hebraico, e o mais importante… é a Terra Santa, um local de peregrinação e muito significado para todas as religiões abraâmicas. 

Mesmo sendo um destino de imigração bastante atraente, Israel tem uma política de imigração restritiva.   Aproveitamos esta oportunidade Joshua Pex, um advogado israelense de imigração , foi entrevistado pelo portal, Israel today,  sobre as complexidades da Aliyah –  ou Aliá (transliteração do hebraico עלייה: = ascensão) é o termo que designa a imigração judaica para a Terra de Israel ( em hebraico, Eretz Israel) –  e a imigração para Israel.

Qual é a dúvida mais comum que as pessoas têm sobre a imigração para Israel?

Essa: “os judeus que vivem fora da sua terra natal são os únicos com direito a imigrar para Israel?” Não é de estranhar que esse equívoco, de forma errônea, seja o mais comum e aceito.

O direito de imigrar para Israel é aberto a judeus, suas famílias e cônjuges, mas também à família e cônjuges de todos os cidadãos, com descendência israelense, independentemente de sua religião. 

VISTO-CIDADANIA-ISRAELQuais membros da família têm o direito de fazer Aliyah?

A Lei do Retorno foi reformada no ano de 1970, para permitir que os filhos e netos dos judeus fizessem a Aliyah para Israel. Qualquer pessoa que se enquadre nas normas de fazer Aliyah, pode trazer seu cônjuge e filhos menores para Israel (até os bisnetos podem imigrar para Israel com sua família).

A imigração conjugal não é restrita pela religião?

 Qualquer cidadão ou residente permanente de Israel pode solicitar que sua esposa entrem e viva em Israel. Este direito de imigração não discrimina pela religião ou gênero de um dos cônjuges. No entanto, alguns cônjuges costumam se casar fora de Israel.

Por que o casal não pode se casar dentro de Israel?

Dentro das fronteiras israelenses, apenas uma forma religiosas de casamento são reconhecidas pelo Estado, a judaica. As autoridades religiosas dentro de Israel não realizam casamentos intra-religiosos. Mas o Estado de Israel reconhece qualquer cerimônia de casamento que tenha sido legalmente conduzida no exterior, mesmo que a outra parte pratique outra crença. Como resultado, muitos casais de fé mista ou casais do mesmo sexo vão até o Chipre ou outro país europeu para se casar. 

E uma vez que o casal é casado, o israelense pode levar o cônjuge estrangeiro para Israel?

É possível que o casal solicite status oficial para os não-israelenses enquanto o cônjuge estrangeiro estiver em Israel. Não só a espera em um país diferente colocará uma pressão sobre o relacionamento do casal, mas o processo burocrático acabará dificultando, assim será muito mais fácil quando ambos os cônjuges estiverem dentro do território de Israel.

Outros membros da família não-judeus podem imigrar para Israel?

Na maior parte, o processo de Aliyah é limitado a judeus, seus filhos, netos e respectivos cônjuges. No entanto, qualquer um que adquira status legal, enquanto tiver idade para servir nas Forças de Defesa de Israel (18 a 25), pode levar seus pais a Israel como pais de um soldado, agora integrado a FDI. Além disso, se o pai de um cidadão israelense é viúvo, idoso e não tem outros filhos menores no exterior, o cidadão pode convidá-lo para Israel.

Mas e aqueles que não têm nenhuma conexão com uma pessoa judia / israelense,  podem imigrar para Israel convertendo-se ao judaísmo?

Por um lado, alguém que se submeteu a um procedimento de Giyur – A palavra hebraica para conversão (giyur) tem o sentido etimológico equivalente a “naturalização” e o convertido é chamado de Guer (em hebraico: גר) – podem se empenhar para fazer Aliyah . No entanto, devem se converter ostensivamente ao judaísmo por amor e respeito pela religião judaica, e não para ganhar uma cidadania israelense. As autoridades israelenses de imigração geralmente desconfiam dos convertidos que buscam imigrar.

E se eu quiser trabalhar em Israel?

As autoridades israelenses de imigração tentam limitar as contribuições de trabalhadores estrangeiros para ocuparem vagas nas posições e setores da economia que, por ventura, não podem ser preenchidos por cidadãos israelenses. Por um lado, as empresas israelenses de mão-de-obra, até buscam mão-de-obra barata e não qualificada do exterior; como trabalhadores da construção civil, trabalhadores rurais e cuidadores de doentes, deficientes e idosos. Por outro lado, entrar no país com  um funcionário estrangeiro, para ocupar um desses poucos setores específicos, requer um visto de trabalhador especializado. Um trabalhador especializado tem que demonstrar que possui habilidades únicas que a empresa contratante exige e que são difíceis de encontrar no mercado israelense. Eles devem receber pelo menos o dobro do salário médio que um cidadão israelense ganharia em seu país.

Posso morar e trabalhar em Israel sem encontrar uma empresa que me contrate como um trabalhador especializado?

Recentemente, em maio de 2019, Israel permitiu que os cidadãos americanos solicitassem um visto de investimento B-5, que concede ao investidor e sua família o direito de viver e trabalhar em Israel. Além disso, o investidor pode trazer cidadãos norte-americanos para Israel como trabalhadores especializados, livres de muitas das restrições usuais de trabalhadores especializados.

Os trabalhadores / investidores podem eventualmente adquirir status de residente / cidadão?

Ao contrário de muitos países do primeiro mundo, Israel não tem um caminho automático para o status legal e permanente para aqueles que viveram e trabalharam no país por vários anos. Mas a falta de opções para adquirir a cidadania israelense sem uma conexão com a pessoa judia / israelense não deve impedi-lo de buscar um visto legal temporário para Israel. Você pode visitar Israel como turista, trabalhar, estudar e ser voluntário em organizações israelenses, explorando esse belo, cultural e espiritual país. 


Este artigo tem sua fonte original no portal Israel Today, com o auxílio de Sasha Kishko, chefe de departamento de conteúdo e traduções da Cohen, Decker, Pex, escritórios de advocacia Brosh e re escrito, ao português, pelo pastor Agnaldo Santana, Ministério Espírito de Vida em, 15 de junho de 2019.


 

Tags, , ,

elias-eliseu

Qual profeta foi elevado aos céus

Poderia ser objetivo e citar o nome, mas, para que se cresça no conhecimento, já que tivemos outros que não participaram da morte, opto em fazer uma breve explanação, a esta pergunta.

Antes do nascimento do Messias/Emanuel, o Deus conosco, e ainda na primeira Aliança,  3 homens foram transformados e elevados a glória Eterna pelo próprio DEUS.

Por que 3?

Porque Adonai ELOHIM (o Senhor DEUS) é trino; PAI, Filho e Espírito Santo.

A partir dessa compreensão, torna-se essencial perceber que ELE usa o número três para realizar sua obra.

É como veremos agora:

1_  Lá nos históricos da primeira Aliança, O Primeiro a ser transladado foi ENOQUE, o bisavô de Noé.  Gênesis 5:24.

Na apresentação dos HERÓIS da FÉ, Hebreus capítulo 11, afirma que;

ENOQUE agradou a DEUS e por isso foi transformado. A morte não atingiu seu corpo.

2_ O Segundo homem a ter seu corpo escondido e elevado pelo ETERNO Deus foi MOISÉS, o escritor das LEIS. Deuteronômio 24:5 e 6.

Na Nova Aliança, livro de Judas, verso nove descreve que o Arcanjo Miguel contendia com o diabo e disputavam o corpo de Moisés.

3_ Já o TERCEIRO, é o personagem trás a resposta a pergunta; Qual profeta foi elevado aos céus?

Livro de II Reis capítulo 2, nos diz que ELIAS foi elevado aos céus em uma carruagem de fogo e que Eliseu o sucedeu com poderes espirituais até maiores que seu mestre.

Todos estes, prefiguravam o tempo da Nova Aliança, onde o Messias Filho do próprio Deus, ao fazer-se homem em carne, alcançaria a transfiguração, PERFEITA, para que todos que Nele tenham Fé possam galgar a ressurreição e vida Plena.

É o que nos apresenta Mateus no capítulo 17 do seu livro, com a sincronização dos relatos anteriores, onde, durante o Ministério do Messias, aqui na terra, em determinado momento ELE pega três homens da sua comitiva e os leva a um monte alto. Ali, Ele afasta-se dos seus emissários e eles o vêem ser Transfigurado diante dos seus olhos. Imediatamente o Messias tem um encontro com dois, daqueles que também foram elevados aos céus;

 _Moisés e o Profeta Elias.

Nesta passagem de Mateus, temos:

3 homens que observam…

3 seres Transfigurados.

Tudo isto fazem parte do zelo e cuidado que o PAI Celestial tem, ao nos provar que existe vida pós a morte e devemos lutar para obtê-la, a Vida Eterna no Reino de Deus. Amem!

 

Pr. Agnaldo Santana

Comunidade Messiânica Yeshua

Dúvidas e Perguntas; Comunidade MG – Ensinos, Christiane Lopes

01 de maio 2019.

Tags,

jesus-ensina

Sobre o judaísmo

COLUNA PASTORAL – O termo usado da religião e da cultura do povo judeu desde o tempo do retorno do exílio até os dias atuais, mas especialmente da era macabeu. ‘Judaísmo Precoce’ é muitas vezes datada de 167 a.e.C., quando o templo foi profanado (2 Mac. 6: 4 ). Nos três séculos, judaísmo era pluralista, abraçando nacionalistas como os Hasmoneans, apocalípticos que escreveram o livro de Daniel, Quietistas como os essênios, bem como os fariseus e saduceus. Havia também herodianos (Mc 3: 6 ), que entrou em amizade com a família real, e Zalots que ‘saiu’ durante a revolta judaica de 66-73 d.e.C., e lutou contra os romanos e os heterodoxos samaritanos. Havia muitas disputas, mesmo dentro do grupo fariseu, sobre como a Lei (TORAH) devia ser aplicada, porem, mais tarde literaturas rabínica tenderam a generalizar disputas para as escolas rivais de Hillel e Shammai. Jesus tinha muitos conflitos com os fariseus embora ele também foi visitar um, de acordo com alguns deles (Lucas 7: 36 ; 14: 1 ). Mas a amargura entre ‘Igreja’ e Sinagoga no momento da composição dos evangelhos podem ser responsáveis por condenações severas de Mateus. 23 etc., e o retrato de alguns judeus como assassinos cujos filhos vão sofrer as consequências de seus pecados (Mat. 27: 25).

No concílio de Jâmnia (teria sido um concílio rabínico farisaico, realizado entre o final do Século I d.e.C e o início do Século II d.e.C.), os fundamentos do Judaísmo foram estabelecidos. No meio de toda a diversidade do judaísmo, os elementos comuns, discutidos, foram:

_O rito da circuncisão;

_A observância do sábado;

_Veneração da Torah (Lei);

_A obrigação de o Templo mantendo-se, e adoração do único Deus e rejeição de todas as imagens.

E por fim,a determinação de manter a distinção judaica.

 

Ministério Espírito de Vida;

 

Pr. Agnaldo Santana

 

Dia 03 de janeiro de 2017-01-02.

Tags, ,

coluna-pastoral

O Poder da Paciência

COLUNA PASTORAL é uma Categoria onde o pastor, Agnaldo Santana, (ministro chamado pelo ETERNO  a reger esta Missão que anuncia as Boas novas e o s caminhos de de Adonai ELOHIM), publica artigos, semanalmente. Seja Edificado(a) pelos sons do Santo Espírito do Messias.

Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, possais alcançar a promessa. Hebreus 10:36

A Palavra de Deus promete que o homem paciente será perfeito e completo, e não lhe faltará coisa alguma. (Tiago 1:4). Um homem paciente é um homem poderoso, mesmo que as pessoas apresentem um comportamento difícil e desafiador ele se mantém amoroso e com bons pensamentos.

  __Sem paciência não podemos perseverar para vermos os resultados de nossa fé.

  __Não recebemos nada após cremos imediatamente.

Existe um período de espera no tocante a receber de Deus. É durante este período que nossa fé é testada e purificada. Só experimentaremos a alegria de vermos aquilo que cremos se perseverarmos e esperarmos pacientemente.

A paciência não é apenas a habilidade de se esperar, mas também a de se manter uma boa atitude enquanto se espera. Esperar é uma parte da vida que não pode ser ignorada. Vamos passar uma boa parte de nossas vidas esperando; se não aprendermos a fazer isto bem (pacientemente), seremos miseráveis. Deus é tão paciente conosco. E devemos imitá-lo.

Se encoraje a buscar efetivamente a paciência. Isto te levará para a dimensão do poder de Deus.

Ore assim:

“Senhor, me ajude a exercitar todo tipo de paciência, perseverança e longanimidade com alegria abundante (Colossenses 1:11). Em nome de Jesus, amém”.

Tags, ,

familia-abençoada

Família um projeto de Deus

“Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor; Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela. Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo” (Efésios 5:22.. 25..28).

Neste texto o apóstolo Paulo esta dizendo para o homem, “ame a sua mulher”.

Para a mulher, ele esta dizendo, “seja obediente, respeite ao seu marido”.

Mas, a partir de qual principio Paulo nos trás esta lição de amor e obediência?

É o que veremos!

__Família:

■ substantivo feminino
1    grupo de pessoas vivendo sob o mesmo teto (esp. o pai, a mãe e os filhos)
2    grupo de pessoas que têm uma ancestralidade comum ou que provêm de um mesmo tronco
3    pessoas ligadas entre si pelo casamento e pela filiação ou, excepcionalmente, pela adoção
3.1    Derivação: sentido figurado.
     grupo de pessoas unidas por mesmas convicções ou interesses ou que provêm de um mesmo lugar.

__Conversa:

1    troca de palavras, de idéias entre duas ou mais pessoas sobre assunto vago ou específico.
A família foi instituída desde a fundação do mundo. E é facílimo de enxergarmos isto recapitulando passagens bíblicas:

 

  1. Deus dá forma ao universo, dentro deste, cria um grande circulo sólido separado por rios e mares e passa a chamá-lo… “Terra”. Desejoso em ver sua obra prosperar, planta um belo jardim (ver.8), mas ao lado deste jardim, tem fazendas e mais fazendas todas contendo diversos tipos de animais, répteis e pássaros. É óbvio que Ele precisa de um ser que possa cuidar ou seja, gerenciar este novo feito. Cria o homem sua própria imagem e lhe diz; tudo isto aqui é meu, você é meu servo mas lhe dou autoridade para nomear todos os seres vivos e dominar sobre eles, “E disse Deus: façamos o homem nossa imagem… e domine sobre tudo que se move sobre a terra” (Gênesis 1:26). Depois que Deus fez tudo isto, achou maravilhosa sua obra… (Ver.31) “E Deus viu tudo que havia feito, e que tudo tinha ficado muito bom”, assim pode descansar no sétimo dia. Mas, passado algum tempo, Deus, novamente contemplando sua obra, percebe que Ele havia criado todos os seres vivos, machos e fêmeos…  Menos o Homem! Como Ele é um Deus zeloso, assim como está escrito em  Deu 6:15 “Porque o Senhor teu Deus é um Deus zeloso no meio de ti,  então Ele diz: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que lhe auxilie e lhe corresponda” Gênesis 2:18.

Aperfeiçoando a sua primeira obra, cria então um novo ser, a partir do primeiro, e passa a chamá-la… “Mulher” e entrega nas mãos do homem. Isto quer dizer, que Ela agora faz parte do seres que foi entregue nas mãos do homem antes, para ele cuidar, com a diferença, que esta é sua companheira onde ele não deve somente cuidar, mas ama-la como a sua própria carne. Comparar com Efésios 5. Esta formada a primeira família humana, semelhança do seu Criador.

  1. Capitulo 4.. Nasci Caim e Abel… Primeiro homicídio… Nasci Sete…
  2. A partir de Sete e Enos, inicia a ser proclamado o nome do Senhor e seus feitos.. (Gênesis 4:26).
  3. Capitulo 5… Genealogia de Sete.

 

  1. Com o aumento da população, começa a multiplicar a maldade, pois a desobediência já tinha ocorrido. As famílias haviam se misturado.
  • Uma nova família chama a atenção do Senhor… A de Noé…
  1. (…) Abraão…
  2. (…) Isaque…
  3. (…) Jacó… Etc.

 

Todos citados acima eram famílias…  Famílias abençoadas ou problemáticas. Diferentemente dos animais, que apesar de formarem família, não conseguem, ter destaque para a história do mundo por não obterem uma promessa de vida eterna, não terem o privilegio de ser chamado semelhança dos seres celestiais.

A FAMÍLIA EFICAZ

Mas, em meio a um mundo onde sempre teve casais unidos ou com problemas, em que posso cooperar para que o meu relacionamento, a minha família possa estar fazendo parte do PROJETO DE DEUS?

HOMEM e MULHER, sempre foram diferentes em diversas maneiras:

A Mulher é mais EMOTIVA.

O Homem é mais LÓGICO.

O homem tende a se preocupar com coisas, já a mulher, se preocupa mais com o relacionamento. Vejamos;

__O homem quando se sente ofendido por sua companheira ou qualquer ser da família, ele tende a se fechar, a não conversar.

__ A mulher, sempre busca resolver seus problemas conversando. Ela com sua natureza feminina tende a se desabafar e este desabafo, é a forma de dizer; Hei! Isto não me agrada! Não sou assim; ou, tudo que quero é atenção!

Quando O Soberano Senhor formou o casal dando origem a família, Ele viu neste grupo de pessoas, o resumo da humanidade. Tudo gira em torno ou em prol de uma família.

Não faria sentido todo o esforço despendido para o trabalho do dia-a-dia, se não tivéssemos como responsabilidade, A FAMÍLIA.

Razão pela qual, todo casal deveria viver “muito bem”. E Isto é possível sim!

O Segredo para se ter uma boa convivência, é haver Diálogo, isto é, COMUNICAÇÃO.

A exemplo:

__Todos os casais já citados na história, Deus sempre se comunicou com eles.

__Para que se desse a queda do homem, houve uma comunicação seria e sábia entre a Serpente e Eva!

 É só observarmos que dialogo conquistador a serpente teve com Eva e depois Eva com Adão, (Gênesis 3:1-6).

A comunicação que leva a se ter um bom relacionamento em casal, pode se dar de diversas formas:

  • No olhar nos olhos um do outro (um olhar de ternura, olhar alegre…)
  • Na expressão facial, (um rosto alegre, não iracundo sem demonstração de rancor ou ódio).
  • Em um discurso, (um “não!” Da o direito a se ouvir outro “não!”. Um “não” é mais bem resolvido, quando se responde… vamos ver se você tem razão! Se indagarmos; porque não…? poderemos não ter a resposta que ainda desejamos, pois o momento não é favorável.
  • E através de um Gesto. Um gesto de carinho, um presente, uma recordação de aniversário, um abraço apertado… Etc.

Podemos dizer que COMUNICAÇÃO é; 

FALAR um COM o OUTRO. O mesmo que, CONVERSAR.

Todos os patriarcas, profetas e discípulos conversaram com o ser que eles mais amavam. O Senhor. E será que eles conversavam com esta família celestial de mau humor? Falavam de coisas péssimas sobre eles? Não. Eles como entre família, estavam sempre com os olhares fitos no céu, com semblantes alegres e prontos a falar e a ouvir.

Esta expressão, CONVERSAR vem do latim, e é formada pela união de duas novas palavras:

COM  + VERSAR.

  • COM – quer dizer, JUNTO.
  • VERSAR – Criar versos.

Como fica a frase completa? FAZER VERSOS JUNTOS.

Enquanto eu falo, estou versando… Estou fazendo versos.

Quando você fala, esta fazendo versos para mim.

Vamos dar um titulo a esta poesia, a chamaremos;  DIÁLOGO.

Nós aprendemos que; “Quem não se comunica…”. E parece um tanto verdade.

Já a Bíblia diz: “…Qualquer que não pratica a justiça e não AMA seu irmão, não é de Deus” 1 João 3:10b.  Olha! Temos que praticar! Praticar o que? As formas citadas para se ter um bom relacionamento. E isto também é a justiça de Deus pois Ele criou as famílias, para se relacionarem bem. Ou você quer que eu recapitule tudo novamente?

Puxa! Para agradarmos ao Senhor, preciso AMAR meu Irmão! oooooOh! Que coisa né!?

Mas será que estes irmãos que devemos amar são somente os que estão debaixo de outros tetos?

Posso desprezar todos, ou algum que esteja dividindo às quatros paredes que me rodeiam todos os dias, onde tenho uma cama para dormir, encontro roupa lavada e passada? NÃO. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo”.

Não, porque a família como já dissemos, é projeto primário de Deus. Ele as criou para viverem bem. Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel” I Timóteo 5:8.

O Diabo é quem procura roubar a paz colocando a contenda e intrigas. Assim, os casais não buscam resolver seus dilemas, desavenças ou indiferenças, sendo um prato cheio para alimentar uma separação.

Todo cuidado é pouco com a falta de diálogo.

A melhor forma para não sofrermos as conseqüências que um problema pode nos trazer no futuro, é resolve-lo hoje. Nunca devemos fugir de uma situação difícil, antes, buscar encontrar um caminho para soluciona-lo.

Quando Adão e Eva desobedeceram ao Senhor, ambos estavam com um grande problema e cada um tinha sua culpa.

Eva podia ter ficado discutindo com Adão, dizendo que a culpada era a serpente por tê-la  persuadido (pois a serpente não a enganou e se convenceu-a), ou ainda, podia culpar Adão por não tela defendido. Adão por sua vez, podia ter ficado discutindo com Eva por se sentir apunhalado pelas delicias que a mulher lhe apresentou. Vejamos o que o texto nos diz: “Quando a mulher viu que a árvore parecia agradável ao paladar, era atraente aos olhos e, alem disso, desejável para dela se obter discernimento, tomou do seu fruto, comeu-o e o deu a seu marido” (Gênesis 3:6). Diante desta situação, este casal conseguiu reunir força e vencer. Como? Fugiram da presença de Deus, mas fugiram juntos! Não ficaram batendo boca, simplesmente disseram; Estamos errados vamos buscar encontrar um jeito para resolver. E encontraram. Vestiram-se e se contentaram com a situação de ter que enfrentar dor, viver do suor do rosto, ter filhos, etc.

Então! Está enfrentando problema na família ou conhece alguém? A raiz do problema chama-se; DES-COM-MUNI-CA-ÇÃO. É lógico! que se deixar formar tronco, logo cria os galhos, galhos no sentido de problemas secundários. Ai, só Jejum e oração pois o problema se não era, se tornou espiritual. (Mateus 17:21) o diabo encontrou uma porta aberta e fez morada.

1 Corintios 7:5 também diz: “Não se recusem um ao outro, exceto por mútuo consentimento e durante certo tempo, (isto) para se dedicarem a oração. Depois unam-se novamente, para que satanás não os tente por não terem domínio próprio”.

Daniel capítulo 9 tem uma oração exemplar para este casal:

 

3 

E eu dirigi o meu rosto ao Senhor Deus, para o buscar com oração e súplicas, com jejum,  saco e cinza.

4 

E orei ao Senhor meu Deus, e confessei, e disse: Ah! Senhor! Deus grande e tremendo, que guardas a aliança e a misericórdia para com os que te amam e guardam os teus mandamentos;

5 

Pecamos, e cometemos iniquidades, e procedemos impiamente, e fomos rebeldes, apartando-nos dos teus mandamentos e dos teus juízos

 

 Ah! Irmão, eu até converso com meu parceiro(a). Espere, é preciso você entender, que existe cinco níveis de COMUNICAÇÃO.

Vou nomeá-la de forma descendente:

5º/   É a chamada, comunicação superficial_ Olá bom dia, Boa tarde. A Paz do Senhor! Como vai você?

4º/   Este nível resumi-se simplesmente, em trocas de Informações_ quando conversam, só falam das noticias do jornal, dos problemas do mundo, da vida dos outros e etc.

3º/   Discutem suas idéias e opiniões_ O que você achou do culto hoje? Preciso da sua ajuda! O que foi? Como faço para preencher este formulário? Tudo sobre assunto exterior, e nunca sobre o próprio lar, a vida dos dois etc.

2º/   É sempre uma bla, bla,bla… Sobre sentimentos e lamentações mal explicadas ou de um, ou do outro. Olha, como eu queria que você fosse diferente! Ah! Eu não aguento mais seu jeito duro de ser!

Agora é a hora de encontrarmos o caminho para o sucesso familiar, para uma família mediante os projetos de Deus.

Não é a formula mágica, é a forma mais correta e viável para se resolver algo que sempre pareceu sem muita solução:

Nível 1º/  CONVERSAÇÃO E PARTICIPAÇÃO. Duas palavras que levam a mesma desinência no seu final, “AÇÃO”. Os dois devem agir para o bem estar um do outro de forma visível, que seja notada, percebida.

Somente praticando diariamente a CONVERSAÇÃO madura, sábia, demonstrando a importância que cada um é para o outro, é que o AMOR vai perfumar o ambiente. PARTICIPANDO as idéias e sentimentos abertamente sem se deixar ficar irado por uma não aprovação, mas sim buscando o entendimento para estas situações.

Quantos casais já estão a 5… 10… 20 anos juntos e não conhecem nem quais são os gostos e sentimentos do seu parceiro? Isto ocorre por falta de criatividade em conjunto com a ação maligna. O que deveriam sempre fazer, era transformar o lar ou o seu quarto em um belo teatro, fazendo o papel de dois poetas juntos.. COM lindos VERSOS.

Parece que é mais fácil diante de um perigo construirmos uma longa parede e espessa, do que ousarmos construir uma ponte e passarmos por cima.

_Pessoas que só aprenderem a ter conversa se for sexual e nunca interpessoal.

_As únicas partes que são amigas entre os dois, são os órgãos genitais.. estas precisam desaprender o que aprenderem errado, e repreender algo novo.

E o mais importante, Deus deseja ouvir vocês, seus anseios e sonhos, mas por favor, deixem de construir paredes e façam pontes que possam vos levar para o outro lado da correnteza do rio, e cantem juntos o hino da vitória.

O homem demonstrando amor por sua mulher, com certeza poderá sempre contar com ela. “Vos maridos amai vossa mulher, e não vos irriteis contra ela” Colossenses 3:19.

Por outro lado, a mulher obedecendo a seu marido, sempre ira contar com ele. “Semelhantemente, vos, mulheres sede sujeita a vosso marido...” (1 Pedro 3:1).

Em Tito, Paulo manda que a mulher também ame: TITO 2:4.. “Para que ensinem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos”.

 

  

   Abril de 2008.

Por: Pr. Agnaldo da S. Santana

MEV – Comunidade Messiânica Yeshua

Tags, ,

oracao

A Oração Eficaz

Não estejais inquieto por causa alguma; antes, as vossas petições sejam em tudo conhecias diante de Deus pela Oração...” (Filipenses 4:6).

A Cidade de Filipos ficava na Macedônia Oriental a 16 Km do Mar Egeu. Foi assim chamada em homenagem a Filipe II o pai de Alexandre Magno. Os moradores desta Cidade chamam-se “filipenses” Nos dias do Apostolo Paulo, era uma Cidade de muito destaque em Roma.

A Igreja de Filipos foi fundada pelo apostolo Paulo e seus cooperadores, Silas, Timóteo e Lucas.

Sabemos que um forte elo de amizade desenvolveu-se entre o apostolo e esta igreja. Tanto, que da prisão Paulo escrevi esta carta aos Filipenses.

Não podemos dizer que somos crentes em Jesus, somos servos do Deus altíssimo, que este Deus que servimos controla o vento, o mar, o céu e a terra com mão forte; E ao mesmo tempo, quando passamos por lutas e problemas diversos, achar que tudo esta perdido! Ou, não sei mais o que fazer! Isto chama-se, “Falta de Fé” e sem fé é impossível agradar a Deus.

Como podemos receber de Deus uma benção, um presente, ou algo pedido na oração, se no momento crucial, que é no silencio de Deus testando a fé dos que dizem crentes em suas promessas, estes declaram-se que ta muito difícil, que não tem mais jeito ou frases parecidas?  Isto seria querer subordinar a Deus, é o mesmo que dizer: Deus faça isto para mim agora ou não tenho fé em ti!

Vivemos em dias difíceis, onde muitos têm pregado o evangelho do comodismo e materialismo, onde as pessoas não são convocadas a amar a Deus sobre todos as coisas, a empenhar-se pela obra de Deus e a desejar sua nova pátria. Quando Moisés foi direcionado por Deus para tirar o povo do Egito, realmente foi para levá-lo a uma terra prospera, uma terra fértil. Só que tiveram que ficar 40 anos no deserto.

Não podemos deixar lugar para dúvidas no tocante as repostas de Deus.

Assim como, não podemos ter dúvidas quanto a nossa obediência aos mandamentos do Senhor.

“Saber o quanto estou obedecendo as Leis do Senhor me permitirá saber se serei atendido ou não”.

Para que não reste dúvida quanto a frase acima, devemos compará-la ao texto bíblico que o Evangelista João nos deixou:

“E qualquer coisa que lhe pedirmos, dele a receberemos, porque guardamos os seus mandamentos (I João 3:22).

Por outro lado, devemos aceitar que fomos criados por Deus e ele sendo nosso criador, sabe melhor que nós mesmos, o que pode nos ser favorável e o que poderá nos prejudicar. Com esta capacidade de conhecer o desconhecido e o futuro, ele muitas das vezes não atende nossas petições por nos amar e para nos proteger.

Quando entregamos nossas vidas ao Senhor é porque cremos que nele estaremos seguros, e livres de todo mal. Mas precisamos confiar piamente nas atitudes que Deus tomar quanto aos nossos “Pedidos”. Não existe meio-termo, ou confiamos que ele zela de nós e nos dará o que for melhor, ou passaremos a dizer para Deus; Deixe de lado seu conhecimento e atenda meus desejos “por mais egoísta que seja”. Precisamos entender que nas nossas vidas sempre vai prevalecer a vontade de Deus e não a nossa. Esta foi à oração que Cristo Jesus nos ensinou! “Seja feita a tua vontade...” Mateus 6:10  e o próprio Jesus desejou se ver livre dos sofrimentos, mas, exclamou ao pai como exemplo para nós: “.. Se este cálice não pode passar de mim sem eu beber, faça-se a tua vontade” Mateus 26:42.

Se voltarmos ao Evangelho de João novamente, vamos encontrar ele falando: “E esta é a confiança que temos: Que se pedirmos alguma coisa segundo a vontade de Deus, ele nos ouvirá” I João 5:14. As palavras deste João, é reforço ao que falou Tiago Irmão de Jesus: “Quando pedem, não recebem, pois pedem por motivos errados…” Tiago 4:3 – NVI.

Um Momento difícil, e uma Oração atendida.

História de Gideão:

Houve um tempo em que Israel empobreceu muito por desobediência ao Senhor. Tinham se tornados egoístas, abandonaram os desejos de Deus e caíram nas mãos dos midianitas. Juízes 6.

Os Midianitas eram descendentes de Hagar e Quetura, habitavam principalmente ao norte da Arábia. Tinham caído na idolatria da imoralidade.

Tudo que Israel plantava, os midianitas juntamente com outros povos vinham e devastavam.

No Versículo 7 – Os Israelitas clamam (oram) ao Senhor…

 O Senhor lhes fala através de um profeta: Vocês não me deram ouvidos.

Em seguida, o Senhor envia seu anjo até um homem que lutava para esconder seu trigo. Este homem chamava-se Gideão filho de Joás.

Após alguns momentos de observação, o Anjo do Senhor chega para ele e diz: “O Senhor é contigo varão valoroso”. Gideão assusta E Diz: “Ah! Senhor”  ¿Se o Senhor é conosco porque nos aconteceu tudo isto?

No Versículo 14 – O Senhor  volta-se para ele e diz: “Com a força que você tem, vá libertar Israel das mãos de Mídia...” Em seguida Gideão retruca novamente; “Ah! Senhor” ¿Como posso libertar Israel? Meu clã é o menor de Manasses, e eu sou o menor da família”.

 ¿Qual foi a resposta do senhor…?

             “Eu Estarei com Você…” Jz. 6:16.

Em mais uma lição bíblica podemos aprender que Deus não olha a aparência para que possa lhe amar, lhe atender e lhes livrar das ações do inimigo, e sim procura encontrar pessoas tementes e esforçadas. Não basta desejarmos ou pedirmos, temos que mostrar serviço e independente da nossa estatura físico ou social, Deus vai nos honrar.

Conhecendo a aprovação de Deus.

No Versículo 36 – Gideão faz prova com Deus. Ele diz; Senhor, preciso saber se verdadeiramente estará comigo nesta batalha. Vamos fazer assim, como prova, colocarei um pouco de Lã na eira (local de terra batida, secar e limpar legumes e cereais),  se o orvalho  molhar somente a lã e o chão ficar seco,  é uma prova que o Senhor estará comigo.

E Assim aconteceu.

Gideão resolve ter uma segunda confirmação e fala; Deus, não se aborreça contra mim, mas preciso de só mais uma prova. Colocarei a lã na eira, mas lhe peço que desta vez aconteça o contrario; Ao amanhecer a terra esteja molhada e a porção de lã seca.

Como tudo aconteceu assim como havia PEDIDO ao Senhor, Gideão reuni 32,000 mil homens e desci até a fonte de Horebe. O senhor fala para Gideão: Tem muito homem! Vão dizer que foi com suas mãos que venceram os midianitas. Cap. 7 V.3.

O Senhor ordena que ele fale para o povo, quem for medroso e covarde que volte…  

       Voltaram, foram embora, 22,000 mil!

O Senhor continuou a falar para Gideão; O povo Ainda é demais, façam descer a fonte a tomar água, e separe os que vão tomar água lambendo como faz os cachorros dos que vão se ajoelhar para bebê-la.  O numero dos que lamberam a água foi de 300 homens e com estes o Senhor autorizou  que Gideão fosse a guerra. Sendo dispensados mais 9,700 homens.

Vemos por esta grande lição, que o Senhor é mais interessado em qualidade do que em quantidade!!

Primeiro Ele escolhe um homem  forte, decidido e de coragem, depois seleciona soldados valentes e corajosos para a peleja.

Gideão conheceu que Deus realmente era com ele pela Oração e Suplica. Por Outro lado, Deus conhecia o coração deste homem, ele não usaria para peleja se não fosse justo para com o Senhor.

Tudo que formos pedir em oração ao nosso Senhor, devemos dizer: Se assim for da tua vontade. Ou que assim seja a tua vontade.

Mas não podemos omitir nenhum dos nossos desejos e planos para o nosso Senhor, pois Ele é o nosso Salvador, Rei e Amigo. Como posso contar meus pensamentos, meus planos, minhas dúvidas e incertezas a um amigo terreno e não contar para o nosso melhor Amigo Celestial??   Se declaramos que nosso melhor Amigo é Cristo… Então devemos contar para Ele, os nossos planos, com mais veracidade que a um amigo humano. Ele gosta de saber que confiamos nele com todo o nosso coração. Amem.

 

Meditação: 14/04/2006

 “Oração Eficaz”

Edição: Junho/2006.

Agnaldo Santana.

Tags, ,