Category Archive ANGELOLOGIA

Angelology

Anjos dão força à transcendência de Deus

Angelology

Angelologia – foto figura de linguagem (comparativa)

 

ANGELOLOGIA – Os ‘ángelos (ἄγγελος)’ palavra grega significa “mensageiro” e, como tal, os anjos são descritos como tendo mensagens de Deus aos patriarcas (por exemplo, Gen. 22: 11 ). Na literatura posterior (pós-exílico – talvez influenciado pelo contato com zoroastrismo) anjos são considerados como seres sobrenaturais organizadas diante de Deus em uma hierarquia (por exemplo, Dan. 7: 10; 9: 21). Contra eles estão vários outros anjos maus sob governo de Satanás (Mat. 25: 41). Ao contrário dos mais conservadores saduceus, os fariseus encorajou essas crenças desenvolvidas (Atos 23: 9), que eram necessários para complementar a doutrina da transcendência absoluta de Deus. A partir do momento em que Daniel escreve seu livro, sob direção do Altíssimo, é que passamos a ver os Anjos através dos seus nomes (Dan. 8: 16; 10: 13) e suas tarefas específicas. No livro de Tobias, o anjo Rafael é indispensável para o clímax da história. Nos evangelhos eles estão disponíveis para ajudar ao Messias (Mat. 4: 11) e de ser representantes pessoais dos filhos diante do Pai (Mat. 18: 10). O diabo também tem uma tropa de assistentes argelinos dele (Mat. 25: 41).

Em várias epístolas (por exemplo, 1º Ped. 3: 22), a obra redentora de Cristo é interpretada em termos de seu triunfo sobre seres celestiais sobrenaturais que podem ser anjos. Assim, também, o apóstolo Paulo em Col. 2:15, narra sobre o triunfo do Messias La no madeiro. Nos escritores da Nova Aliança, ocorreu um pensamento-mundo diferente de nós, mas a afirmação essencial de Paulo é que a Lei (Torah), que o povo escolhido, com antecedência (judeus) acreditavam, foi dada a Israel pela mediação de anjos e autoridade estabelecida de Cristo.

Sistema MEV de Evangelismo

Pr. Agnaldo Santana

02 de janeiro de 2017.

Tags, ,